Abaixo assinado Contra a falta de remédios de alto custo em SP.


Abaixo assinado Contra a falta de remédios de alto custo nas farmácias especializadas do SUS em SP. (assine aqui)

Remédios de alto custo estão em falta na rede estadual pública de SP desde janeiro

Nós, mães, pais, familiares e amigos de pacientes que precisam de remédios especializados (de alto custo) estamos protestando contra a falta destes remédios na rede pública estadual de São Paulo através deste abaixo-assinado endereçado à Secretaria Estadual de Saúde Dr. José Henrique Germann Ferreira e ao governador João Dória.

Entre os remédios em falta está o hormônio somatropina, usado por crianças com problemas de crescimento…

Pedimos agilidade na aquisição e distribuição destes remédios essenciais que devem ser usados continuamente, sob pena de riscos gravíssimos à saúde dos pacientes.

SP, 01 de julho de 2020.
José Luiz Nodar Ribeiro – cel.: 11-95146949
eSecretário-Geral do Consabeja Jabaquara – http://www.consabeja.org
m nome das mães, pais, familiares e amigos de pacientes

Justificativa:
Medicamentos de alto custo para pacientes transplantados e com doenças graves, como artrite reumatoide, estão em falta nas 37 farmácias de alto custo do governo do Estado, sob a gestão João Doria (PSDB). Alguns deles, como o diclorato de pramipexol 1 mg, para o tratamento de mal de Parkinson, sumiram das prateleiras desde janeiro deste ano.
Segundo pacientes entrevistados pelo Agora, ao menos dez medicamentos estão em falta. Três deles são para tratamentos de asma. O furuato de fluticasona 50 mcg/ 250 mcg, conhecido como Seretide Diskus, está em falta desde fevereiro.
(Reportagem do jornal Agora-SP, em 02/05/2020 – https://agora.folha.uol.com.br/sao-paulo/2019/05/remedios-de-alto-custo-estao-em-falta-na-rede-estadual.shtml )

Lista de remédios que faltam nas farmácias de alto custo da rede estadual pública de SP:
– Somatropina 4 UI e 12 UI – hormônio para crescimento
– Fluticasona 50 mcg/250 mcg – para asma
– Seretide Diskus 50 mcg/250 mcg – para asma
– Alenia 200 mg/400 mg – para asma
– Atorvastatina 10 mg – controle de colesterol
– Ziprasidona 40 mg/80 mg – antipsicótico
– Pramipexol 1 mg – mal de Parkinson
– Abatacepte 125 mg – artrite reumatoide
– Leflunomida 20 mg – artrite reumatoide e psorática
– Tracolimo 1 mg – para diminuir chance de rejeição em transplantados
– Teriflunomida – para esclerose múltipla.
– Interferon – para tratar hepatite B, hepatite C, e esclerose múltipla.

***

Pedimos a todos que apoiem esse abaixo-assinado Contra a falta de remédios de alto custo nas farmácias especializadas do SUS em SP.

São Paulo, 1º de julho de 2020

Nome:
RG ou CPF:
e-mail:
Tel. celular:
Assinatura:
(assine aqui)

Documentos para baixar, imprimir e pegar lista de apoiadores:

Lista Abaixo assinado contra a falta de remédios de alto custo nas farmácias especializadas do SUS em SP.

Abaixo assinado contra a falta de remédios de alto custo nas farmácias especializadas do SUS em SP.

Esse post foi publicado em Comunicação, criança, Idoso, Participação Popular, Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s